domingo, 25 de novembro de 2007

67 - “Com um vestido preto nunca me comprometo”

O nosso habitual esforço uniformizador, enquanto projectistas, não foi levado ao extremo no caso das paredes interiores. Ou seja, o fasqueado de madeira/reboco de cal não preenche a totalidade dos paramentos interiores. Excluem-se as zonas húmidas para as quais não seria, obviamente, uma boa solução.
Aquando do enchimento das paredes com terra, as superfícies da casa de banho e da cozinha foram revestidas de placas de OSB4 com 11 mm de espessura. Agora, e como material de acabamento, aplicámos uma nova placa sobre o OSB. A saber: Valchromat com 8 mm de espessura.
Este aglomerado de partículas de madeira é uma evolução do MDF hidrófugo no sentido de o tornar colorido – factor conseguido pela introdução de fibras da indústria têxtil. A marca Valchromat é representada pela empresa Valbopan/Investwood e fabricada na sua unidade de Famalicão da Nazaré.
As grandes dimensões em que são produzidas as placas (3,75x2,50 m) permitiram-nos revestir cada parede com uma placa apenas. É como se a casa de banho tivesse apenas três azulejos. Não foi sem uma dose de ajuda divina que conseguimos transportar e colocar o maior destes azulejos (entrou pela porta de 60 cm de largura, tornou-se côncavo ao rodar para a outra diagonal da divisão e encaixou-se no sítio como se de um cartão-maquete com 3,30x2,30 metros se tratasse).
O vasto leque de cores disponíveis deixou-nos a nós e ao Pedro-cliente uma decisão a tomar. Durante meses deixámos arrastar a escolha:”gosto do amarelo; não concordo; vermelho é que era; assim nunca relaxarei no wc, ainda tenho um ataque de stress aqui dentro; e azul?; hum…não sei; por mim pode ser qualquer coisa menos verde; o que diz o fengshui?
No fim seguimos as palavras de Ivone Silva e… ficou preto!

11 comentários:

Anónimo disse...

Gostei muito da escolha, o preto além de a cor ter mais unidade(amostras), faz contraste com a madeira e se harmoniza com as esquadrias.

Esmeralda
A rainha do pitaco.

Jota disse...

Uma casa de banho de 3 paredes e com 3 azulejos ao todo?! Como mostra a foto: é de de Artista!

Anónimo disse...

De fato(ou sem), não haverá tarados no corredor.

Haja luz!

Jerônimo

Rui Pedro Lérias disse...

O corredor não é muito grande mas caberão 2 ou 3.

Ficou bem o preto, sim senhor, o pior tem sido a dor de cabeça com o verniz, mas isso são outras conversas.

Tive muito receio do preto mas quando o vi aplicado gostei. A casa tem muitos pontos de luz, o tecto é branco, as paredes brancas, as loiças da casa de banho brancas. Este revestimento preto, brilhante quando envernizado fica lá bem.

E 15 dias para um post bateu todos os recordes de espera neste blog! Mas quem espera sempre alcança.

Anónimo disse...

3 vezes salve a esperança!

Sorte nos acabamentos.

Bjs
Ana

Anónimo disse...

As paredes internas não ficarão com fasqueado de madeira/reboco de cal?

Esmeralda

raquel disse...

Pelas amostras, eu escolheria sem dúvida uma côr (vermelho, verde ou azul - amarelo torrado?)... Mas o preto também parece ficar bem: dá um ar mais sofisticado. ;)

Espectacular é de facto haver só 3 «azulejos»...: sem chance para o caruncho!

paulu disse...

É uma homenagem ao modelo T? "Any customer can have a car painted any colour that he wants so long as it is black"?

Assim, de repente, mais que três azulejos, faz-me lembrar três belas ardósias. Será que além do papel higiénico, sabonetes e toalhas um pau de giz vai ser adereço obrigatório? Hum...

Anónimo disse...

Hum... Nada mau.

Sabe-se lá quando bate a inspiração.

Jerônimo

Rui Pedro Lérias disse...

Este vestido preto já enjoa! Está na altura de uma soirrée branca.

Vá lá, Francisco! Estamos todos á espera!

Anónimo disse...

Nos janelões a (º2º)


Esmeralda