terça-feira, 28 de agosto de 2007

54 - A CAMINHO DO TERMINUS

54 - On the way to the end


Está quase! Os sexto e sétimo dias da oficina de tabique correram intensamente e com resultados visíveis. Duplicámos os meios mecânicos de produção de massa (duas betoneiras) e conseguimos preencher todos os espaços de fasqueado disponíveis.

Pelas nossas contas precisamos de 2 dias para terminar o enchimento total das paredes com terra. Serão os últimos dois dias à roda da terra! O próximo fim-de-semana, Sábado 1 e Domingo 2, a inaugurar o mês de Setembro, é a última oportunidade para participar na oficina de tabique!

Será que conseguiremos terminar a tempo de abrir o champanhe ao pôr-do-sol?
Voluntários ao brinde final confirmem para o email arrudacasa@gmail.com ou para os telemóveis 936505361 (Francisco Freire) ou 931640995 (Pedro Lérias).


We are nearly there! The sixth and seventh day of wattle and daub workshops were intense and the results show it. We doubled the mechanical daub production (two cement mixers) and we were able to fill in all the pre-prepared and available wattled space (wooden stakes).

By our predictions we need two more days to finish filling in the walls with daub. It will be the last two days around the earth! The next weekend, Saturday 1st and Sunday 2nd, opening the month of September, is the last chance to participate in the wattle and daub workshops.

Will we be able to finish on time to open the champagne at sunset?

Volunteers to the final toast get in touch to the email arrudacasa@gmail.com or to the mobile phone numbers 936505361 (Francisco Freire) or 931640995 (Pedro Lérias).








8 comentários:

Rui Pedro Lérias disse...

A obra dita a moda verão/outono deste ano: riscas horizontais. Xadrez é que não pode ser nada porque a minha mãe sempre me ensinou que não se mistura xadrez com riscas, e lerdo como sou nestas coisas de modas, cores, padrões e tecidos, costumo dar-lhe ouvidos (ainda bem que a D. Damiana não vem online! Amanhã aparecia-me com um enxoval completo em casa...).

Anónimo disse...

O lugar é lindo, os amigos muitos, o "ninho" toma forma, cor, odor sabor.Os pequenitos à comandar.

Bravo!

Esmeralda

Rui Pedro Lérias disse...

Obrigado, Esmeralda!
É um prazer ler as suas mensagens de apoio e encorajamento :-)

raquel disse...

Há quem «vista a camisola», hm?...

:P

Rui Pedro Lérias disse...

Como é que fazes quando for o policarbonato?! :-)

Que tipo de camisola vai com policarbonato? Mas cuidado, que os arquitectos são muito persuasivos e convencem a malta a fazer as coisas mais inesperadas (tipo fazer paredes de terra... onde é que já se ouviu tal coisa?!).

Tou na brincadeira!

Jota disse...

Não ligo nada a modas mas sei, como toda a gente, que "com o policarbonato vai bem um tafetá barato".
Agora tretas à parte, o que interessa MESMO é temos de concluir o enchimento das paredes este fim-de-semana para brindarmos ao pôr-do-sol.
Mãos precisam-se!

Rui Pedro Lérias disse...

Pelo andamento da 'sessão privada' de ontem, acho que vamos levar este barco a bom porto este fim de semana!

Eu planeio beber o nectar na mesma! :-)

Anónimo disse...

As obras são como as crianças, quando estamos muito tempo sem as vêr, é que reparamos como cresceram. Fantástico! E que previlégio ter uns amigos assim, não deve ter sido só para bebericarem murganheira... mas que sabe bem, sabe:)
A D.Damiana pode não vir carregada de enxoval a fazer "pendant", mas anda carregada de orgulho de ser sua mãe.
A sua determinação e empenho são inspiradores!
A foto da Raquel(?)está de génio.
Um beijinho e acho que este Natal o Pai Natal vai ter mais uma casa para deixar uma prenda no sapatinho.
Melga (Sandra)